3 de jun de 2012

Próteses de Silicone Proibidas no Brasil. As próteses de silicone são amplamente utilizadas por diversas mulheres do Brasil, tanto para fins puramente estéticos como para fins de reposição de seios após retirara de tumor do câncer de mama. Entretanto como quase tudo existe um porém, uma notícia vinda da frança sobre a proibição da utilização de próteses da marca Poly, colocaram seu uso em xeque aqui no Brasil. Saiba mais.


Próteses de Silicone Proibidas no Brasil
Muitas mulheres insatisfeitas com o tamanho ou volume de seus seios, ou até mesmo devido ao câncer de mama e também aquelas que tiveram seus seios modificados após a gestação, estão recorrendo cada vez mais ao uso das próteses de silicone no Brasil.
Recentemente uma noticia vinda da França deixaram milhares destas mulheres brasileiras extremamente preocupados, pois segundo uma nota do governo da França, as próteses de silicone da marca Poly Implant Prothese (PIP) foram proibidas no país pela agencia francesa de saúde.
A proibição ocorreu devido a fabricação das próteses de silicone com silicone industrial, um material que é proibido para confecção das próteses e elas podem romper, trazendo consigo danos a saúde das pacientes. Estas próteses foram proibidas no Brasil depois de ter sido levantada a suspeita que uma mulher haveria morrido devido a um linfoma causado pela utilização da PIP.

Uso de Próteses de Silicone no Brasil

Já no Brasil a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estima que em torno de 25 mil mulheres façam de uso das prótese de silicone da empresa Poly, pelo fato de muitas próteses terem sido utilizadas no país entre o ano de 2005 e 2010. Neste ano de 2010 a ANVISA já havia proibido a utilização das próteses desta empresa depois de ter recebido um alerta da agência francesa de saúde.
Uma notícia que deixam a todos as mulheres brasileiras um pouco aliviadas é que a ANVISA informa que no Brasil não há nenhum caso registrado do rompimento da prótese no país, entretanto recomenda que todas as mulheres que utilizam próteses desta marca procurem seus médicos para realizarem uma análise de possível troca das próteses.
Além disso, vale lembrar que a recomendação para quem utiliza próteses é a troca a cada dez anos de uso, e que a paciente deve procurar seu médico para que a prótese seja analisada e se existe uma necessidade de troca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu contato paa que possamos retornar e/ou entrarmos em contato com você. Volte sempre!