3 de mai de 2017

Lipoaspiração a laser: saiba como é a cirurgia

Também conhecida como lipo laser, a técnica se difere da lipoaspiração tradicional ao utilizar o laser na quebra da gordura, facilitando a sua eliminação.

Como é feita a lipoaspiração a laser?

Como no método tradicional, é introduzida uma cânula bem fina na derme do paciente.
A diferença é que por dentro dessa cânula passa um laser que aquece e dissolve a gordura.
Com uma outra cânula própria para a aspiração, a gordura é retirada com o mesmo movimento de vai e vem que na lipoaspiração normal.

26 de abr de 2017

O Que é Rinoplastia: Como é?


Rinoplastia é uma cirurgia feita com o objetivo de remodelar o nariz, seja com fins estéticos: para mudar seu ângulo, torná-lo menor ou maior, mais fino ou mais largo, corrigir defeitos, desentortá-lo, etc; seja com fins funcionais: para corrigir funções prejudicadas, problemas respiratórios, traumas, etc.

Pode-se afirmar que na maioria dos casos o paciente busca torná-lo mais harmonioso e proporcional em relação ao resto de seu rosto.

Além da parte estética, esta cirurgia pode ao mesmo tempo corrigir certos problemas, como o de congestão nasal crônica, por exemplo.

Isso é comum de ser observado no caso de narizes tortos que são modificados para ficarem mais retos, pois neste caso há uma alteração no canal nasal.

Quem pode fazer a rinoplastia?

Esta pergunta é ambígua, não? Podemos considerá-la pelo polo passivo ou pelo polo ativo, ou seja, quem realiza a ação e também quem a sofre (já aqui eu garanto que não há ambiguidade, pois você não experimentará sofrimento algum com esta cirurgia, acredite).

Paciente – idade mínima para fazer rinoplastia:

Este procedimento só pode ser feito por pessoas que já tenham o nariz completamente formado, sendo que isso ocorre pelos 15 ou 16 anos em meninas e pelos 18 anos nos meninos.
Lembrando que formação é diferente de crescimento.

O nariz humano cresce durante toda a vida pois é formado por uma espécie de cartilagem que não se ossifica, ou seja, seu nariz será cada vez maior ao passar dos anos, sendo que esse crescimento varia de pessoa para pessoa, obviamente.

A formação, por outro lado, diz respeito ao formato do nariz e à constituição de suas cartilagens.
Uma vez formado, as cartilagens não se desenvolvem mais, apenas crescem.
Médico capacitado – especialização exigida: Para realizar esta operação, os médicos devem ser especializados em cirurgia plástica ou otorrinolaringologia.

Como é feita a cirurgia de rinoplastia?

Agora que você já sabe o que é rinoplastia, vamos entender como ela é realizada.
Já adianto que, apesar de parecer assustadora, a cirurgia é bem tranquila e normalmente dura em torno de apenas 1 hora e 30 minutos ou 2 horas.

1 – Corte e desmontagem
Para realizar a rinoplastia, o médico-cirurgião realiza incisões com um bisturi de modo a ter acesso aos ossos e cartilagens que formam a base do nariz (pirâmide nasal).
Ele poderá separar os tecidos da base, ou seja, “desencapar” o nariz, fazendo a chamada rinoplastia aberta, ou então operar sem descolar a pele, o que corresponde à rinoplastia fechada.
Futuramente faremos um post explicando esses dois procedimentos com detalhes.

2 – Moldagem
Conforme o tipo de operação a ser realizada e o resultado esperado, o cirurgião poderá remover uma parte do osso e da cartilagem, lixá-los, e/ou adicionar novo tecido no local, o qual poderá ser sintético ou natural, retirado de outras região do corpo do paciente.
Em alguns casos específicos, é provocada a fratura proposital do osso nasal, como forma de corrigi-lo.

3 – Remontagem
Depois de feito todos os procedimentos necessários para se atingir o formato idealizado, a pele e a carne são recolocadas no lugar a que pertencem (caso a rinoplastia seja aberta) e a cirurgia é assim finalizada.
Para que os tecidos fiquem bem acomodados sobre a nova estrutura, é necessário, na maioria dos casos, que o paciente utilize uma tala em seu nariz por cerca de 4 a 7 dias, a fim de imobilizar a região.
O médico poderá, também, exigir que o paciente use um tampão nasal, se for o caso.
Retirada a tala, o paciente utilizará um esparadrapo simples por cerca de uma semana.

Qual é a anestesia para Rinoplastia?

Esta é uma pergunta muito pertinente.
A anestesia para rinoplastia pode ser geral ou local. O tipo de anestesia será escolhido conforme cada caso, ouvindo-se a opinião do paciente e seguindo-a apenas se a situação permitir.

Caso você faça a sua cirurgia com anestesia local, é bom estar preparado para ouvir barulhos um tanto perturbadores, afinal, não é nada agradável ouvir o médico mexendo em seus próprios ossos e cartilagens. Em alguns casos, principalmente quando o procedimento demanda várias horas, o paciente tem o sono induzido para ficar mais tranquilo e confortável.

Rinoplastia requer internação?

Normalmente o procedimento é ambulatorial, mas em alguns casos é necessário que o paciente fique metade de um dia ou um dia inteiro internado no hospital antes de retornar ao lar.
O que vai determinar isso será o grau de complexidade da rinoplastia (caso seja funcional e estética, por exemplo) e o tipo de anestesia feita.

19 de abr de 2017

Neurorreabilitação – tratamento com Botox

A toxina botulínica, conhecida popularmente como Botox, tem se mostrado uma excelente aliada no tratamento de doenças da área neurológica, que dificultam ou comprometem os movimentos do paciente, tais como: paralisia cerebral, sequelas pós-derrame e traumatismos cranianos.

O tratamento com Botox está no rol de procedimentos dos planos de saúde.
Para entender o que é o tratamento com Botox na área neurológica é preciso, primeiro, conhecer o conceito de Neurorreabilitação. Esse é um conceito relativamente novo na
Medicina, mas muito importante para uma ótica moderna no tratamento do paciente com quadros neurológicos crônicos.

28 de mar de 2017

Bioplastia : veja o que a cirurgia sem cortes pode fazer por você
















A moderna técnica da bioplastia é definida como uma cirurgia plástica sem cortes. De forma simples, é possível dizer que a bioplastia consiste no implante de biomateriais que são compatíveis com o corpo humano, para modificar determinadas áreas do rosto e corpo.

22 de mar de 2017

Ulthera: o fim da flacidez















Você pode – e consegue – adiar bastante os efeitos do tempo em sua pele com cuidados básicos, como usar hidratante todo dia, não se esquecer do filtro solar no rosto, colo, braços e todas as áreas atingidas pelo sol, ter uma alimentação mais regrada, com frutas legumes, pouca fritura e açúcar e dizer não ao cigarro e ao álcool em excesso.

O problema é que chega um momento que os sinais da idade vão ficando cada vez mais evidentes e podem até chegar adiantados se você não tomou todas as precauções acima. Hoje em dia isso não é mais motivo ficar de cabelo em pé: o Ulthera é um tratamento que deixa sua pele bem mais lisa e sem sinais.

14 de mar de 2017

Estudo indica que cirurgia plástica em idosos é segura como em jovens


Homens e mulheres mais velhos que decidem se submeter a uma cirurgia plástica estão seguros e têm uma taxa de complicações similar aos mais novos que passam por procedimentos estéticos. A afirmação é baseada em um estudo apresentado no evento Plastic Surgery The Meeting, promovido pela American Society of Plastic Surgeons (ASPS) em outubro.

8 de mar de 2017


A criolipólise é feita por meio de um aparelho específico cujos aplicadores são acoplados nas diferentes áreas do corpo, realizando uma sucção da pele e da porção de gordura localizada.
Ao ser colocado na superfície da pele, o método faz com que as células de gordura fiquem congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas.

Como age a criolipólise:

22 de fev de 2017

Cirurgia Plástica Facial















Nada pode interromper o processo de envelhecimento, mas pode protelar, prorrogar, amenizar, como poderíamos dizer sobre as cirurgias plásticas faciais.

15 de fev de 2017

Quais São os Benefícios da Lipoaspiração?


A Lipoaspiração é uma cirurgia estética que remove gorduras de pequenas áreas do corpo através da sucção feita por uma cânula (pequenos tubos que são inseridos sob a pele na região da cirurgia).
Os locais mais comuns em que se aplicam a lipoaspiração são as coxas, abdômen, nádegas, pescoço, queixo, parte de trás dos braços, pernas e costas.