12 de mar de 2014

PREPARANDO-SE PARA A CIRURGIA

Previamente à cirurgia, poderá ser necessário:

• Fazer exames de laboratório ou avaliação médica,
• Tomar certos medicamentos ou ajustar os medicamentos atuais,
• Parar de fumar com bastante antecedência à cirurgia,
• Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS

• O que fazer no dia da cirurgia (tempo de jejum, medicações, banho),
• Informações sobre o tipo de anestesia a ser realizada durante o procedimento cirúrgico,
Orientações sobre os cuidados pós-operatórios.

O procedimento deve ser realizado em local seguro e confortável para o médico e o paciente, em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

VOCÊ PRECISARÁ DE AJUDA 
Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e fique com você, pelo menos, a primeira noite, após a cirurgia.

RISCOS E INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA 
A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis.

Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

POSSÍVEIS RISCOS DA CIRURGIA 
• Cicatrizes desfavoráveis,
• Sangramento (hematoma),
• Infecção,
• Acúmulo de líquido (seroma),
• Riscos anestésicos,
• Má cicatrização,
• Necrose da pele,
• Dormência ou demais alterações de sensibilidade da pele,
• Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado,
• Assimetria,
• Deiscência (reabertura de uma ferida previamente fechada),
• Necrose do tecido adiposo,
• Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões,
• Dor, que pode perdurar,
• Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares,
• Fios de sutura podem espontaneamente emergir na pele, tornando-se visíveis ou causar irritação que exijam sua remoção,
• Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.

AO RECEBER ALTA 
Se você sentir falta de ar, dor no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional.

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir ótimos resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgias Plasticas.

Visite nosso site e marque sua consulta com o Dr. Davi Pontes : http://www.cirurgiaplasticaemfortaleza.com/
Telefone: (85) 4102-4444 ou 85825399

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu contato paa que possamos retornar e/ou entrarmos em contato com você. Volte sempre!