28 de mai de 2014

Procedimentos associados à rinoplastia

Também é comum associar à rinoplastia a outros procedimentos nasais , como a correção do septo nasal e a turbinectomia. Neste caso, é recomendado que a cirurgia seja realizada pelo cirurgião plástico e o otorrinolaringologista. Podem também ser realizadas em conjunto outras cirurgias plásticas faciais, como a blefaroplastia (cirurgia das pálpebras).

Exames necessários para a rinoplastia
Além dos exames necessários antes de qualquer procedimento cirúrgico (exames de sangue, avaliação cardiológica, dosagem de sódio, potássio, ureia e creatinina e coagulograma), o médico pode pedir algum exame de imagem, como a tomografia computadorizada, para avaliar com mais detalhes a estrutura nasal. Nos casos em que estão associadas cirurgias funcionais, como a correção do septo nasal, serão necessários: raio-x da face e nasofibroscopia.

Cuidados antes da cirurgia plástica
Os cuidados pré-operatórios são: jejum de oito horas e suspensão por no mínimo sete dias do uso de anticoagulantes.

Contraindicações à rinoplastia
A rinoplastia é contraindicada para pacientes que apresentem doenças prévias em fase aguda, mulheres em fase de amamentação e ainda pessoas em uso de medicamentos anticoagulantes.

Riscos da rinoplastia
Os riscos cirúrgicos específicos da rinoplastia são sangramento abundante e dificuldade respiratória no pós-operatório, além de resultados insatisfatórios. Com qualquer cirurgia, a rinoplastia inclui riscos de infecção e relacionados à anestesia.

Pós-operatório
Curativos

No passado, era utilizado o gesso no pós-operatório. Hoje ele foi substituído por um plástico enrijecido, que dá uma fixação melhor e é mais higiênico. "Ele fica mais tempo imóvel, se molda de maneira mais eficiente ao nariz e pode ser molhado em algum caso" explica o cirurgião plástico Esmail Saffadine, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Os curativos são mantidos por 15 dias, sendo sete dias com plástico enrijecido e sete somente com fita adesiva porosa. Os tampões internos ficam por um dia.

Respiração e alimentação

A respiração fica dificultada logo nos primeiros sete dias pela presença de coágulos nas narinas, melhorando com o uso de descongestionantes nasais indicados pelo cirurgião. Por pelo menos sete dias é indicada que a alimentação seja mais pastosa pois, como a região estará dolorida e inflamada, o ideal é evitar alimentos duros, que exigem mastigação mais forte e pode gerar incômodo.

Repouso

O repouso deve ser absoluto por sete dias e moderado até o décimo quinto dia. Depois deste período já é possível voltar às atividades rotineiras e ao trabalho, sem que se faça esforço físico e exercícios, estes são indicados apenas após um tempo de dois a três meses.

Dor

O pós-operatório normalmente é sem dor, e quando ela aparece é facilmente solucionada com uso de analgésicos habituais. A formação de hematomas é comum e a absorção completa se dá num período médio de 20 dias.

Cicatrizes

As cicatrizes da rinoplastia ficam praticamente imperceptíveis, uma vez que as incisões são pequenas e em locais de pouca exposição. Caso haja algum problema de cicatrização, há tratamentos eficazes para isto. Os tratamentos para cicatrizes muito evidentes vão desde cremes à base de corticoide e placas de silicone que se colocam na cicatriz, até injeções intralesionais de corticoide. Em último caso, é possível ressecar novamente a cicatriz e se for o caso indicar a betaterapia local. "A indicação de todos estes tratamentos depende do grau e da indicação de seu médico", explica o cirurgião plástico Esmail Saffadine.

Protetor solar

Após a rinoplastia é recomendado o uso rigoroso de protetor solar, evitando o aparecimento de manchas, principalmente se houver cicatrizes visíveis.

Sangramento

Poderá haver sangramento através do nariz, principalmente nos primeiros dois dias posteriores à cirurgia e se esta for associada à correção do septo nasal.

Posição ao dormir

Nos primeiros cinco a sete dias após a cirurgia é recomendado que o paciente mantenha-se com a cabeça elevada, com a ajuda de travesseiros, durante o sono. "Nesse período, a possibilidade de sangramento é maior e essa posição evita que o sangue seja aspirado para o pulmão, além disso, a língua é mantida numa posição em que o fluxo de ar é melhor e a respiração bucal também", explica o cirurgião plástico Esmail. Nesse período também deve ser evitado dormir de lado e de bruços, situações em que o nariz pode se chocar contra o travesseiro, causando dor e inflamação.

Outros cuidados

O paciente deve evitar abaixar a cabeça muito rápido, não deve assoar o nariz e só pode usar óculos após a liberação médica.

Resultados da rinoplastia

Retirada dos curativos
Em 30 dias já é possível ver 95% do resultado final. Entre seis meses e um ano o resultado será completo. Em casos de resultados finais não satisfatórios, é possível fazer a correção com uma nova cirurgia, a rinoplastia secundária.

Fontes
Cirurgião plástico Gerson Luiz Julio (CRM: 63154), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. 
Cirurgião Plástico Esmail Safaddine (CRM/SP: 109401), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. 
Cirurgião Plástico Wagner Montenegro (CRM: 51769), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. 
Marque sua consulta com o Dr. Davi Pontes : 
 Telefone: (85) 4102-4444 ou 85825399

2 comentários:

  1. Boa Noite,
    Gostaria de saber uma media de quanto custa uma cirurgia de rinoplastia?

    ResponderExcluir
  2. Boa Tarde!!! A Cirurgia de Rinoplastia é a partir de 3.000,00 Reais

    ResponderExcluir

Deixe seu contato paa que possamos retornar e/ou entrarmos em contato com você. Volte sempre!