24 de set de 2014

Rinoplastia: Disfunções estéticas do nariz

O nariz recebe diferentes qualificações dependendo do tipo de características que apresenta. As alterações podem ser de caráter funcional (disfunções que dificultam a respiração, alteram o olfato, provocam infecções ou sangramentos, desvio do septo e hipertrofia dos cornetos), ou estético (desproporção de tamanho, forma ou desvio) (ARQUERO, 2009).


Diversos tipos de formato do nariz podem ser encontrados (SANTIAGO, 2009):

Nariz caucasiano (adunco): tipo de nariz característico das raças descendentes de europeus, de cor branca. O dorso do nariz é alto e projetado com a ponta voltada para baixo e a pele geralmente é fina.

Nariz negroide: tipo de nariz característico da raça negra. Apresenta-se com o dorso baixo, pouca estrutura óssea e cartilaginosa, com a ponta bulbosa, asas alargadas e a pele grossa e oleosa. Aparência achatada.

Nariz asiático: tipo de nariz característico da raça amarela (japoneses, chineses) e seus descendentes. Apresenta também um dorso baixo com ponta larga, semelhante ao negroide, porém a desproporção entre o dorso e a ponta é menor que no nariz negroide.

Conceituação da rinoplastia

A rinoplastia tem como princípio básico a construção de um nariz bonito e funcional. As cartilagens e ossos que formam o esqueleto do nariz são esculpidos de acordo com as características do nariz e da face do paciente. Quase sempre é necessário utilizar enxertos de cartilagem, retirados do próprio nariz, costela ou da orelha, para corrigir as alterações de contorno e fortalecer o esqueleto remanescente. Em casos onde há dificuldade respiratória, pode ser necessário corrigir desvios do septo nasal e das outras estruturas que formam as vias responsáveis pela passagem do ar. A cirurgia pode ser realizada de forma “aberta” ou “fechada”, conforme a preferência do cirurgião e as características do nariz a ser operado (LANDECKER, 2009).

Antes de realizar intervenções de correção estéticas e funcionais do nariz, o cirurgião considera questões como o tipo da pele, a raça do paciente e a idade para manter a harmonia e o equilíbrio natural da face. Normalmente utiliza-se anestesia local com sedação e a cirurgia é realizada ambulatorialmente, sem necessidade de internação (ARQUERO, 2009).

Técnica cirúrgica segundo Arquero (2009)

A rinoplastia pode ser realizada de forma fechada em que as incisões são realizadas somente no interior das narinas ou aberta com incisões atravessando a coluna que as separa.

Para correção do nariz caucasiano, descola-se a pele e o subcutâneo nasal, acessando-se o arcabouço osteocartilaginoso, tratando com instrumentos especiais as irregularidades porventura existentes. São realizados desgastes do osso nasal e ressecções de cartilagens que ajudam a compor o dorso nasal, tratando as gibas quando presentes. A ponta nasal também pode ser modificada, através da realização de suturas ou interposição de enxertos cartilaginosos quando necessários. Na cirurgia aberta é feita a ressecção e o afinamento da asa nasal.

Fonte: portaleducacao

4 comentários:

Deixe seu contato paa que possamos retornar e/ou entrarmos em contato com você. Volte sempre!