4 de dez de 2013

O FIM DOS CARECAS













A cirurgia da calvície é hoje a segunda mais realizada dentro da cirurgia plástica masculina, perdendo apenas para a lipoaspiração. O implante capilar é hoje uma das técnicas mais utilizadas para o tratamento cirúrgico da calvície. Tanto homens como mulheres têm se beneficiado desse avanço, que pode ser utilizado dos 23 aos 85 anos. Nos homens, a calvície pode se manifestar ainda na fase jovem, entre os 16 e 18 anos, quando começam a cair os primeiros fios, e tem como causa a hereditariedade, a concentração do hormônio masculino e a idade. Nas mulheres a queda não é tão drástica, tendo início, normalmente, após os 40 anos, quando se entra na fase da menopausa.

A técnica de implante consiste na retirada de raízes da região da nuca onde temos a melhor qualidade histológica do cabelo, preparadas em microscopia tridimensional e implantadas na região frontal, superior e na coroa. Podem ser implantadas até 6 mil raízes em uma etapa de 3 horas e isto depende do treinamento da equipe, que, normalmente, é formada por cinco profissionais médicos e de enfermagem. O custo da cirurgia varia dependendo da área e do tipo de anestesia e são em média 6 mil enxertos e fios por tratamento. Informações de preços: (85)41024444 ou (85)85825399


O cabelo deve ser da mesma pessoa, uma vez que o transplante de outra não irá se desenvolver. Nosso sistema imunológico é altamente reativo para cabelos de outras pessoas. Ele chega a se desenvolver nos primeiros meses, mas após o oitavo começa a definhar até desaparecer complemente. Por outro lado, não há razão de aplicarmos imunossupressores e com isso alterar as defesas de nosso organismo para transplantar cabelo. Sabemos que pode-mos transplantar um coração, um fígado ou um rim; mas não pele ou cabelo.

Os derivados ditos ectodérmicos são, como disse, imunologicamente muito ativos. Os cabelos artificiais também não deram resultados a longo prazo. São fios sintéticos cuja reação produz granulomas e processos infecciosos no de-correr dos meses levando à sua extirpação precoce. Hoje os microimplantes capilares são a melhor opção que o paciente tem uma vez que seu resultado é muito natural e confere um contorno e um perfil muito elegante ao paciente. O seu crescimento começa a partir do 3º ou 4º mês e finaliza no 10º mês após a cirurgia. É um método ambulatorial, sob anestesia local, podendo o paciente retornar às suas ativi-
dades profissionais dentro de alguns dias. Suas complicações são raras e podem aparecer depois de 3 meses pequenos cistos de óleo quando começam a sair os primeiros fios.

 Visite nosso site e marque sua consulta com o Dr. Davi Pontes : http://www.cirurgiaplasticaemfortaleza.com/
Telefone: (85) 4102-4444 ou 85825399

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu contato paa que possamos retornar e/ou entrarmos em contato com você. Volte sempre!